Estamos cruzando dados para identificar fraudadores de benefícios, diz secretário da Previdência

06/02/2018

Reportagem denunciou pessoas ricas que recebiam auxílio destinado a quem vive em situação de vulnerabilidade

Após reportagem exibida pelo programa Fantástico, da TV Globo, no domingo (16), que revelou fraude em pensão destinada para idosos em situação de vulnerabilidade, alguns dos beneficiários irregulares já tiveram seus benefícios suspensos. Em entrevista ao programa Gaúcha +, nesta segunda-feira (17), o secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, disse que é necessário esperar o andamento do processo judicial para que Benefício de Prestação Continuada seja suspenso definitivamente.

— Muitas vezes, existe um processo de defesa da pessoa, não podemos ultrapassar os limites judiciários e administrativos, mas é importante destacar é que quem teve o benefício suspenso é porque está cometendo uma fraude, uma irregularidade — destaca.

 

Ele ainda destacou o trabalho de inteligência realizado pela Previdência, com o cruzamento de dados para identificar pessoas que estão recebendo irregularmente o benefício, como moradores de áreas nobres e mais de um beneficiário no mesmo endereço.

— Infelizmente, tem pessoas que acabam usando de comportamentos não muito lícitos e acabam conseguindo obter esses benefícios, mas mesmo sendo concedido, existe um trabalho de inteligência para verificar se tem alguma fraude e assim, ele fica suspenso — disse.

Entre os beneficiários mostrados, estava um homem que havia acabado de comprar um apartamento em um condomínio de Gramado por R$ 1,8 milhão e circulava pela cidade gaúcha com um carro de luxo.

O Benefício de Prestação Continuada é destinado a idosos com mais de 65 anos ou pessoas com deficiência física cuja família tem renda de até um quarto do salário mínimo por mês, o equivalente a R$ 338,50. O valor do benefício é de um salário mínimo – atualmente em R$ 954.

Comentários
Faça seu comentário

Identificação X
entrar usando o facebook
Envie para um amigo